Programa

PROGRAMAÇÃO GERAL DAS CONFERÊNCIAS E DOS GRUPOS DE TRABALHO, MINICURSOS, OFICINAS E CONVERSAS COM ESCRITORES

DIA 29/11, 3ª FEIRA

8h - 9h Inscrições para ouvintes e entrega de Material. (NAFRICAB - Prédio Barbara Weinberg 1, sala 312)

9h- 9h30 Solenidade de Abertura (Auditório CCE)

9h30 - 10h15 Conferência de abertura (Auditório CCE)

Profª. Drª. Yeda Pessoa de Castro (Uneb)

Marcas de africania no português do Brasil

Coordenação: Profª. Drª. Jurema Oliveira (Ufes/Nafricab/Fapes)

10h15-10h45: Café

10h45-12h MESA REDONDA I (Auditório CCE):

Africanidades e Brasilidades: Literaturas e Linguística

Prof.Dr. Clézio Roberto Gonçalves (Ufop)

Africanidades e brasilidades na língua portuguesa

Profª. Drª. Jurema Oliveira (Ufes/Nafricab/Fapes)

Africanidades e brasilidades em literaturas

Prof. Dr. Amarino Oliveira de Queiroz (UFRN/Nafricab)

Africanidades e crioulidades em culturas

Coordenação: Prof. Dr. Amarino Queiroz (UFRN/Nafricab)

12h-14h: Intervalo de almoço

14h- 17h Grupos de Trabalhos, minicursos, Oficinas

GT1 Africanidades e Brasilidades em literaturas e linguística (Prédio Barbara Weinberg I - CCHN/ Sala 308)

Coordenação: Profª.Drª. Michele Freire Schiffer (Fapes/Ufes/Nafricab) e Prof.Dr. Amarino Queiroz (UFRN/Nafricab).

Ementa: Diálogos intertextuais entre os países africanos de língua portuguesa e o Brasil: interfaces língua – literatura - cultura. Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e mercado: presença e recepção a partir do contexto brasileiro. Língua portuguesa, expressão crioula e criações na oralidade e na escrita da África oficialmente lusófona: normatividade e ruptura. Autoria africana e negro-brasileira no contexto literário contemporâneo de língua portuguesa.

Palavras-chave: Literaturas. Linguística. Brasil e África.

GT2 Africanidades e Brasilidades em educação (Prédio Barbara Weinberg II - CCHN/ Sala 102)

Coordenação: Profª. Drª. Maria Batista Lima (UFS), Prof. Dr. Gustavo Henrique Araujo Forde (Ufes).

Ementa: Este GT terá como principais enfoques: processos educativos e práticas pedagógicas escolares e não escolares de promoção das culturas africanas e afro-brasileiras; implementação das Leis 10.639/2003 e 11.645/2008 e suas consequências para a Educação brasileira; ações afirmativas inovadoras de respeito às africanidades e brasilidades na Educação, considerando a interdisciplinaridade com outras áreas do conhecimento.

Palavras-chave: Educação. Formação. Práticas pedagógicas.

GT3 Africanidades e Brasilidades em direitos humanos e políticas públicas

(Prédio Anexo - sala 03)

Coordenação Prof. Dr. Ivan Lima (Unilab / Redenção – CE/Nafricab)

Ementa: O GT tem por objetivo discutir os resultados de pesquisas, experiências ou práticas no campo das africanidades e brasilidades e suas interfaces com os Direitos Humanos, pensando os desafios em torno da igualdade perante as leis, bem como a liberdade de pensamento e expressão que envolve o combate ao racismo. Pretende-se discutir, também, as dimensões das políticas públicas direcionadas às relações étnico-raciais em diferentes campos do conhecimento; considerando as ações do Estado, de seus diferentes organismos, as proposições em torno da Cultura, da participação da Sociedade civil em ambientes formais e não formais, constituindo, dessa forma, uma perspectiva multidisciplinar, que problematize a temática em tela, em contextos de mudanças pelas quais passam o Brasil e o mundo globalizado, sem perder de vista os direitos conquistados na luta social.

Palavras-chave: Direitos. Políticas. Públicas.

GT4 Africanidades e Brasilidades em teatro africano e negro brasileiro (Prédio do Departamento de Pessoa/DDP sala 03)

Coordenação: Profª. Drª. Denise Rocha (UFC/Capes)

Ementa: O GT. será um espaço para o abrigo de considerações em torno de temáticas que foquem o papel do teatro como articulador de reflexões, bem como de intervenções político-sociais em distintos momentos históricos vivenciados por países colonizados pelos portugueses: Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Angola, Moçambique e Brasil. Nos países africanos de língua oficial portuguesa, a produção teatral intensificou-se no período de pré e de pós-independência, principalmente como forma revisão da historiografia oficial de Portugal, na qual os povos locais e suas culturas eram reduzidos ao papel de subalternos. No Brasil, a presença de afro-brasileiros na cena teatral desde o século XIX, como artistas ou como temática, revela a condição de inferioridade deles na sociedade branca cristã, situação mudada com as encenações e publicações do grupo do movimento denominado de Teatro Experimental do Negro, sob a direção de Abdias do Nascimento, desde o final dos anos 1940 ao início dos anos 1960.

Palavras-chave: Teatro Africano. Teatro Negro Brasileiro. Colonização. Memória.

14h -17h Oficina: (Prédio DDP – Sala 02)

Plantar, colher e dividir: brincando e mobilizando conhecimentos matemáticos por meio de adaptações do jogo Mankala awalé.

Prof. Ms Leonardo Dourado de Azevedo Neto (Ufam)

14h - 17h Oficina: (Auditório do Departamento de Desenvolvimento de Pessoa) Turma 01

Brincando e cantando com as crianças africanas

Prof. e escritor Rogério Andrade Barbosa

14h - 17h Minicurso: (Anfiteatro I - CCHN)

Espaço público e cultura negra: pensando as expressões na produção da cidade.

Prof. Dr. Henrique Cunha Junior (UFC)

17h -17h30 Intervalo do café

17h30-18h (Auditório do CCE)

Coral indígena

18h-19h (Auditório do CCE)

Conversa com escritores/lançamento de livros

Elê Semog (Brasil), Sunny (Nigéria) e Ademir Santos (Brasil) Coordenação: Elê Semog

19h-20h (Auditório do CCE)

Sarau e declamação dos poemas de Alda Espírito Santo - CEA (Prof. Itamar Cossi)

20h-21h Mesa redonda II (Auditório CCE)

Africanidades e Brasilidades em Educação

Profª. Drª. Maria Batista Lima (UFS)

Africanidades e Brasilidades na Universidade: entre limites, desafios e possibilidades de/na formação

Profª. Drª. Rebeca Alcântara Meijer (Unilab/Procuradora de regulação de cursos)

Saberes docentes necessários à prática educativa de questões étnico-raciais e suas avaliações institucionais

Prof. Dr. Gustavo Henrique Araujo Forde (Ufes)

"Vozes negrasnas histórias da educação: diálogos entre movimento negro e educação no Espírito Santo

Coordenação: Profª. Drª. Maria Batista Lima (UFS)

DIA 30/11 4ª FEIRA

9h - 10h Conferência: Culturas e Tradições

Prof.Dr.Ivan Lima (Unilab/Redenção – CE/Nafricab)

As religiões de matriz africana espaço de conhecimentos e atuação política

Coordenação: Prof. Dr. Amarino Oliveira de Queiroz (UFRN/Nafricab)

10h – 12h Mesa redonda III (Auditório CCE):

Africanidades e Brasilidades: Direitos Humanos, Políticas Públicas e o papel dos NEABS

Prof. Dr. Ivair Augusto Alves dos Santos (UNB/Nafricab)

Teoria crítica de direitos humanos no Brasil e a luta contra o racismo

Prof. Dr. Henrique Cunha Junior (UFC)

Políticas Públicas Urbanas para a População Negra

Coordenação: Prof. Dr. Henrique Cunha Junior (UFC)

12h- 14h Intervalo para almoço

14h- 17h Grupos De Trabalhos, Minicursos E Oficinas

GT1 Africanidades e Brasilidades em Literaturas e Linguística (Prédio Barbara Weinberg I - CCHN/ Sala 308)

Coordenação: Prof.Dr. Amarino Queiroz (UFRN/Nafricab) e Profª. Drª. Michele Freire Schiffer (Fapes/Ufes/Nafricab).

GT2 Africanidades e Brasilidades em Educação

Turma 1: (Prédio Barbara Weinberg II - CCHN/ Sala 102)

Coordenação: Prof. Dr. Gustavo Henrique Araujo Forde (Ufes).

Turma 2: Prédio do Departamento de Pessoa/DDP sala 03

Coordenação: Profª. Drª. Maria Batista Lima (UFS)

GT3 Africanidades e Brasilidades em Direitos Humanos e Políticas Públicas

(Prédio Barbara Weinberg II – CCHN/Sala 307)

Coordenação Prof. Dr. Ivan Lima (Unilab / Redenção – CE/Nafricab)

Prédio do Departamento de Desenvolvimento de Pessoa/DDP – sala 02

14h - 15h30 Oficina de contação de histórias: Cata papel e conta histórias - Profª. Ms Maria José Corrêa de Souza (Ifes - Venda Nova do Imigrante)

15:30h - 17h Oficina Plantar, colher e dividir: brincando e mobilizando conhecimentos matemáticos por meio de adaptações do jogo Mankala awalé. - Prof. Ms Leonardo Dourado de Azevedo Neto (Ufam)

14h -17h Minicurso: (Auditório do Departamento de Desenvolvimento de Pessoa – DDP)

Povos Indígenas no Brasil: olhares pós-coloniais - Paulo de Tássio Borges da Silva (Doutorando Uerj)

14h - 17h Minicurso: (Anfiteatro I CCHN)

Conflitos éticos e étnicos em narrativas de Luandino Vieira e Conceição Evaristo - Profª. Drª. Maria Cristina Chaves de Carvalho (Fapes/Ufes) e Profª. Drª. Jane Rodrigues dos Santos (Unimontes/Capes)

14 - 17h Minicurso: (Prédio do Departamento de Desenvolvimento de Pessoa/DDP – sala 01)

Mulheres Negras: Reflexões sobre Tempos/espaços de combate a violência

Heloisa Ivone da Silva de Carvalho (Coordenadora da Ceafro - Cerer da GFDE/Seme)

17h - 17h30 Intervalo do café

17h30 -18h30 Conversa com escritores / Lançamento de livros (Auditório do CCE)

João Canda (Angola), Isidro Sanene (Angola) e Abreu Paxe (Angola)

Coordenaçào: Profª. Drª. Rebeca Alcântara Meijer (Unilab/ Procuradora de regulação de cursos)

18h30 -19h30 (Auditório do CCE)

Adaptação do conto de Boaventura Cardoso - "A morte do velho Kipacaça" (Prof. Itamar Cossi / CEA)

19h30 - 20h30 Conversa com escritores/lançamento de livros

Adriano Botelho de Vasconcelos (Angola), Boaventura Cardoso (Angola)

Coordenação: Prof ª.Drª. Jurema Oliveira (Ufes/Nafricab/Fapes).

01/12 5ªFEIRA

Manhã livre

12h-14h Almoço

14h-17h Grupos de trabalho, minicursos e oficinas.

GT1 Africanidades e Brasilidades em Literaturas e Linguística

Turma 1: Prédio Barbara Weinberg I - CCHN/ Sala 308)

Coordenação: Prof.Dr. Amarino Queiroz (UFRN/ NAFRICAB)

Turma 2: Prédio Anexo - sala 03

Coordenação: Profª.Drª. Michele Freire Schiffer (Fapes/Ufes/Nafricab)

GT2 Africanidades e Brasilidades em Educação

Turma 1: Prédio Barbara Weinberg II - CCHN/ Sala 102

Coordenação: Prof. Dr. Gustavo Henrique Araujo Forde (Ufes).

Turma 2: Prédio anexo - sala 04

Coordenação: Profª. Drª. Maria Batista Lima (UFS)

14h-17h (Prédio do Departamento de Desenvolvimento de Pessoa/DDP – sala 01)

Oficina de contação de histórias: Cata papel e conta histórias

Profª. Ms Maria José Corrêa de Souza (Ifes - Venda Nova do Imigrante)

14h-17h Oficina: (Auditório do Departamento de Desenvolvimento de Pessoa - DDP) Turma 02

Brincando e cantando com as crianças africanas

Prof. e escritor Rogério Andrade Barbosa

14h-17h Oficina Anfiteatro I (CCHN)

Da pintura em tecido ao conto coletivo: a construção dos saberes acerca das africanidades a partir da história de vida - Profª. Drª. Rebeca de Alcântara e Silva Meijer (Unilab - CE)

14h-17h (Prédio do DDP – sala 03)

Minicurso: Mulheres Negras: Reflexões sobre Tempos/espaços de combate a violência Heloisa Ivone da Silva de Carvalho (Coordenadora da Ceafro - Cerer da GFDE/Seme)

17h- 17h30 intervalo para café

17h30-18h30 Conversa com escritores/ lançamento de livros (Auditório do CCE) Cícero Ribeiro Filho (Brasil), Rogério Andrade (Brasil) e Profª. Drª.Rebeca de Alcântara e Silva Meijer (Unilab – CE)

Coordenação: Profª. Drª.Rebeca de Alcântara e Silva Meijer (Unilab – CE)

18h30-19h30 CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO (Auditório do CCE)

Escritor e Jornalista Oswaldo de Camargo

Presença da África na Literatura negra brasileira: um trajeto de resistência com a palavra

Coordenação: Prof. Dr. Amarino Oliveira de Queiroz (UFRN/Nafricab)

Exposições: A feira “Eco arte na Praça” reúne expositores de várias expressões artísticas, incluindo artesanato, esculturas, pinturas, gastronomia, moda, desenhos entre outros (Coordenação Maria José Correa de Souza – Ifes/Campus Vila Nova do Imigrante – local: Campus Ufes)

Exposição de quadros "A beleza da mulher negra" Cea (Coord. Profª. Dulcineia Rui – Cea no salão de exposição da Biblioteca Central - Ufes)

Exposição de maquetes indígenas: Aldeias – escola de Aracruz (salão de Exposição da Biblioteca Central – Ufes)

Venda de Livros